inverno_consumo GLP

Inverno: por que o consumo do GLP aumenta nos dias mais frios

No Sul do Brasil, o inverno não precisa chegar para que o frio apareça. As temperaturas diminuem quando menos se espera – e aí, várias coisas começam a ser recorrentes na rotina das pessoas: preparar uma sopa, tomar um bom vinho, aproveitar a água quente no chuveiro…

Para que os dias mais gelados sejam encarados de forma mais amena, o uso de GLP – fonte de aquecimento mais comum nas casas e empreendimentos brasileiros – é fundamental, pois é ele que garante que o fogão esteja sempre pronto para preparar uma refeição ou ainda que a água do banho esquente numa temperatura agradável.

No entanto, todo ano, com a chegada das baixas temperaturas há uma preocupação: o aumento do consumo de GLP. E a razão disso acontecer pode ser explicada, acompanhe a seguir.

Por que o consumo do GLP aumenta no inverno?

Que o consumo de gás é maior no inverno, todo mundo já tem uma ideia. Porém, você sabe por que isso acontece?

  1. Tempo de banho
    Quando a temperatura está mais elevada (lê-se, no calor ou clima mais quente), um banho leva cerca de 10 minutos. No entanto, em dias mais frios, essa média aumenta em 2 minutos, e isso pode acarretar em 20% a mais no consumo do gás. 

    Ainda assim, destaca-se que o uso do GLP para aquecer a água em dias frios ainda é mais vantajoso do que o sistema elétrico, visto que esse mesmo banho de 10 minutos pode custar 64% a mais na conta de energia.

  2. Temperatura da água
    Engana-se quem pensa que a temperatura da água é a mesma no inverno e no verão. Na realidade, a água que fica em sua caixa d’água tem a temperatura ambiente do local – com isso, ela fica mais gelada em temperaturas baixas.Estima-se que, no verão, a temperatura média da água é de 20°C, enquanto que, no inverno, ela passa a ser de 7°C, o que impacta diretamente no desempenho dos aquecedores a gás.
  3. Mais tempo em casa
    Ainda que muita gente tenha voltado a trabalhar de maneira presencial ou híbrida, o tempo passado dentro de casa aumentou consideravelmente desde o início da pandemia de Covid-19. Além disso, dias mais frios fazem com que as pessoas tenham mais programações caseiras.Dessa forma, é inevitável que o consumo de gás aumente, afinal, estando em casa prepara-se mais refeições, o que se reflete em gás para cozinhar. Outro ponto que deve-se levar em consideração é o tempo de cozimento/preparação dos alimentos – pois isso também eleva a quantidade de consumo de GLP.

Lembre-se: usando o bom senso, todos saem ganhando.
A Gaslog está à disposição para oferecer o melhor serviço em GLP a granel – modalidade ideal para empreendimentos e condomínios (em que cada um tem sua conta individual da Gaslog, e você só paga pelo gás que consumiu, evitando dores de cabeça).

Saiba mais clicando neste link


Leia também: