mulher-restaurante

Supere a crise: 5 soluções inovadoras para ajudar negócios de alimentação

Segundo a Abrasel, 10% dos estabelecimentos de São Paulo podem fechar com a crise. Então é hora de reagir!

A economia mundial mudou desde a chegada do novo coronavírus. Com as medidas de distanciamento social, diversas empresas que dependiam do movimento do público viram seu negócio serem impactados negativamente.

O setor de alimentação – que representou ano passado 9,7% do PIB brasileiro – é um deles. Para a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), a gastronomia será o segmento mais afetado pelo isolamento social. Tanto que estimam que 10% dos estabelecimentos de São Paulo possam fechar.

A previsão é de que a falta de movimento possa gerar três milhões de empregos a menos. “Somos 1 milhão de estabelecimentos, 65% não têm nem CNPJ, e 80% deles faturam menos de R$ 20 mil por mês e têm no máximo dois funcionários. Esses 80% geram cerca de 20% de faturamento do setor, da ordem de R$ 250 bilhões, mas são responsáveis por quase metade dos empregos”, disse em entrevista para imprensa o presidente da Abrasel, Paulo Solmucci.

Por isso, para reagir a esse cenário, muitas empresas da área gastronômica se viram desafiadas a enfrentar a crise. Alguns estabelecimentos aproveitaram o momento para inovar com tecnologia, vendas online e até pelas mídias sociais.

Então, pensando em trazer soluções e ideias para clientes desse segmento, a Gaslog procurou alternativas que otimizam o trabalho neste momento.

Veja quais são eles:

ControleNaMão

O ControneNaMão é uma plataforma de tecnologia moderna para bares e restaurantes. Portanto, o aplicativo oferece recursos digitais para a melhoria na agilidade do atendimento e gestão da empresa por meio de várias opções, entre elas: frente de caixa, controle de estoque, comanda eletrônica, auto atendimento, cardápio digital, emissão de nota fiscal, aplicativo de pedidos e delivery.

controle-na-mao

My Staff

Essa é uma plataforma de contratação de mão de obra freelancer no setor de alimentação. Como a instabilidade é muito grande e demissões podem acontecer, uma opção para o empresário é contratar freelancer ou “taxas” até que toda situação volte ao normal. Além disso, a plataforma disponibiliza treinamentos e dicas para profissionais da área se prepararem para o retorno das atividades, o que melhora o rendimento para o negócio.

garcom-gaslog

Epadoca

A Epadoca é uma plataforma de marketing e vendas para padarias. Desta maneira, a solução ajuda o pequeno negócio a manter suas vendas através de uma loja virtual, aplicativo ou redes sociais oferecendo delivery, retirada na loja ou encomendas. Isso é realizado de forma automatizada, sem que o empresário precise ficar no Whatsapp.

pandaria-gaslog

PedidosNaMão

A plataforma PedidosNaMão, em parceria com a Prefeitura de Curitiba, chegou para trazer um novo fôlego para o setor de food service. Até setembro, bares e restaurantes de Curitiba poderão oferecer o sistema de pedidos online de forma quase gratuita, sem taxa de adesão, sem mensalidade e sem comissões. Ao contrário de grandes aplicativos de pedidos online, que cobram uma média de 15% de comissão por pedidos, o sistema somente cobrará a taxa do cartão, quando e se a operação for realizada via plataforma. Para todas as outras cidades, o PNM está cobrando apenas R$ 1 por pedido!

blake-wisz--JJg90OAnWI-unsplash

Kangutrip

O Kangutrip cria um ecossistema de delivery que desburocratiza a forma com que todos podem comprar e vender por delivery. É possível cadastrar desde o pequenino negócio ao gigante, dando oportunidade de ter uma plataforma digital muito rapidamente para trabalhar seu negócio. E neste momento de crise, o Kangutrip está com taxa zero para que possa impulsionar seus parceiros.

entrega

 

Leia também