glass-1246679_1920

O GLP na indústria do vidro e do plástico

Quem acompanha o blog da Gaslog já sabe das diversas vantagens que o GLP apresenta em comparação com outras fontes de energia, como a gasolina, o diesel e a própria eletricidade. Alto poder calorífico, melhor custo-benefício e menor emissão de poluentes na atmosfera são apenas algumas delas.

Nesse sentido, é muito comum que os setores industriais optem por esse combustível, principalmente se precisarem de uma alimentação energética constante para que a produção não pare. Dito isso, neste texto falaremos sobre como o GLP pode auxiliar na indústria, com destaque para plásticos e vidros. Acompanhe!

Leia mais

Nova resolução da ANP: o que muda?

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) publicou este ano no Diário Oficial da União uma resolução que atualizou as especificações acerca do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP).

Segundo a ANP, os itens da tabela foram ajustados depois de 15 anos para permitir um melhor acompanhamento dos componentes do GLP. Dentre eles o butano, o propano, o isobutano, o propeno e o buteno. Com isso, o objetivo é que haja um maior controle de qualidade do produto comercializado, além de contribuir para a simplificação regulatória.

Leia mais

taha-sas-kSCAjbe0Qrg-unsplash

Conheça a história do GLP e como surgiu em terras brasileiras

O gás liquefeito de petróleo (GLP) está presente em 95% dos lares brasileiros e possui uma aceitação alta por ser uma energia limpa e apresentar maior poder calorífico quando comparado às outras opções. Mas, por mais que seja bastante difundido na sociedade, pouco se sabe sobre o seu surgimento.

Pensando nisso, hoje vamos falar sobre a história do GLP no Brasil e no mundo. Acompanhe com a gente!

Leia mais

human-hand-stacking-golden-coins-on-reflective-desk

Gaslog não repassa reajuste anual do subsídio a seus clientes

Este ano muitas famílias tiveram impactos negativos em suas economias por causa da pandemia do novo coronavírus. Então, várias pessoas passaram a trabalhar de casa e outras acabaram sofrendo com uma demissão inesperada.

No entanto, para dar uma aliviada no bolso de todos, a boa notícia é que os consumidores Gaslog não sofreram o aumento de quase 8% nas contas relativo ao subsídio salarial da categoria.

Leia mais